O PT está islamizando o Brasil


Fonte: Rudy Rafael

Quando o Partido dos Trabalhadores (PT) através da Presidência da República com Dilma Rousseff disse na abertura da Assembléia Geral das Nações Unidas (ONU) em 25/09/2012: “Registro neste plenário nosso mais veemente repúdio à escalada de preconceito islamofóbico em países ocidentais.”, o PT estava apenas cumprindo a sua parte na agenda do Islã para o domínio do mundo para Allah. Toda vez que o PT fala em “preconceito” deve-se imediata, única e exclusivamente entender que se trata de um instrumento para cercear a liberdade de expressão. O islamismo e o comunismo não funcionam e não se misturam com a liberdade de expressão e isto deve ser compreendido. O discurso de Dilma no que tange ao “repúdio” ao “preconceito islamofóbico” é o mesmo utilizado pela esquerda e pelos muçulmanos em toda a Europa para islamizá-la. Hoje o europeu está amordaçado, impedido de dizer plenamente que não quer a sua terra vivendo pela Sharia – a legislação islâmica -, pois qualquer comentário contra o islamismo e os muçulmanos é considerado “islamofóbico”. É isto que o PT está trazendo ao Brasil, pois a sua agenda para o país está em consonância à agenda islâmica para o mundo.

Existe uma guerra declarada do Islã – a “religião da Paz” – contra o Ocidente. Uma guerra contra os costumes, valores, moral, ética, democracia, liberdade, cristianismo, judaísmo e tudo aquilo que representa a civilização. Ninguém que vive pelo Alcorão é civilizado, por isso os muçulmanos odeiam a civilização, que é ocidental e não-muçulmana. Os muçulmanos desprezam tudo que não seja deles mesmos e a civilização não é deles. Enquanto os “demoníacos” americanos tentam conhecer o universo, os “horríveis” judeus constroem a ciência, os “hipócritas” cristãos defendem a vida a todo custo e a “decadente” civilização ocidental almeja uma nova era, os muçulmanos querem fazer o mundo voltar à barbárie do século VII através da aplicação da Sharia. A Sharia é um crime contra a humanidade, é um atentado contra a evolução da humanidade e no futuro a humanidade olhará para trás e terá vergonha de que um dia isto tenha existido em sua história. As explicações para a tentativa de islamizar o mundo e aplicar a Sharia no planeta podem ser muitas, mas na essência tudo não passa de uma tentativa do mal em subjugar o bem. Um povo que quer aplicar a Sharia no mundo é totalmente movido pelo mal e o mal não pode vencer o bem.

O ódio do Islã contra o Ocidente e que faz os muçulmanos declarar a jihad é movido por uma força espiritual. Eles lutam por Allah, por Maomé e pelo Islã. Os ocidentais tentam entender, compreender e até mesmo tolerar as atrocidades cometidas pelos muçulmanos, mas não compreenderão apenas pela razão. O Ocidente só conseguiu deter a fúria islâmica quando entendeu nas Cruzadas que aquilo tudo era uma guerra espiritual e hoje com sua cultura destruída pelo multiculturalismo, o relativismo e o politicamente correto está sem saber o que fazer. Enquanto os muçulmanos sustentam a sua cultura intocada desde o surgimento de Maomé, os ocidentais estão cada vez menos ocidentais, quando o que impediu que o Islã avançasse ao Ocidente foi justamente isto. Hoje se o ocidental tem a dádiva de ser livre e não viver com a insanidade da Sharia é pelas Cruzadas, pelos cristãos que já na Idade Média entendiam que a sanguinolência muçulmana não poderia sobrepor-se à civilização. O islamismo prega abertamente a morte e isto não podia e não pode prevalecer. A humanidade tem que entender que não há mais lugar no mundo para a Sharia. O mundo quer evoluir e o islamismo quer impedir isto.

Na aliança mundial entre a esquerda e os muçulmanos cabe à esquerda o papel de destruir interiormente o ocidental para abrir espaço para a invasão islâmica. A estratégia é, de fato, perfeita em todos os aspectos. A principal arma para acabar com o ocidental é o politicamente correto, eis que acaba com os conceitos de bem e mal, relativizando tudo e tornando as pessoas mornas, apáticas, omissas e covardes; principalmente quando atacam a liberdade de expressão, que é a base do espírito criativo do homem. Sem liberdade de expressão coisa alguma se cria. A esquerda está acabando com tudo através do politicamente correto, das gritarias histéricas das massas e da infiltração política. Não adianta uma pessoa ser excessivamente contra algo, por mais nefasto que seja, se ela não pode expressar isto. Os muçulmanos não sabem o que é liberdade de expressão e quando confrontados ideologicamente berram, gritam, esperneiam e se fazem de vítimas perseguidas, tentando vencer na base do grito e do vitimismo, assim como as ditas “minorias perseguidas” no Ocidente. A Europa engoliu esta sujeira toda e agora está colhendo o que plantou: a Sharia já está sendo aplicada no continente europeu. A Europa perdeu totalmente o juízo ao deixar que isto ocorresse.

O que vai acontecer no Brasil através do governo do PT é o que já acontece na Europa: cada vez que a cultura islâmica, obviamente inferior à da civilização, se choca com a da civilização, o politicamente correto evoca a identidade da religião e ninguém pode “se meter” na religião alheia. Quem se manifesta contra é tachado de “preconceituoso”, “racista” e “fóbico”. Este tipo de supressão da liberdade de expressão é fomentado pela esquerda, que tem o mesmo propósito do islamismo: destruir a civilização. O que faz uma pessoa ser naturalmente contra o apedrejamento até a morte de uma pessoa é a sua moral, a sua ética e o seu estado de ser civilizado, mas tais valores só podem existir com a liberdade de expressão. A esquerda trabalha com a gritaria e a histeria e faz pressão com o barulho e o caos, o qual é inclusive financiado pelo dinheiro público. Isto acontece no mundo todo. Se uma pessoa é contra o apedrejamento até a morte de uma pessoa e é confrontada por 1.000 pessoas descerebradas pelo politicamente correto, pagas ou que trabalham a favor da causa, ela obviamente se sentirá inibida em sua causa e assim à abandonará. Para a esquerda não existe certo ou errado, existe apenas o que é bom e o que é ruim para o partido.

Uma pessoa pode falar o que pensa, mas se cada vez que falar o que pensa for confrontada por uma maioria que lhe tacha arbitrariamente de “preconceituosa”, “racista” e “fóbica”, ela deixará de expressar o que tem dentro de si por medo disto. Quando uma pessoa deixa de expressar o que tem dentro de si ela deixa de pensar aquilo, depois deixa de sentir e quando deixa de sentir, aquilo deixa de existir para ela. Uma pessoa não vai falar que é contra o apedrejamento até a morte de uma pessoa se depois vier uma multidão para apedrejá-la emocionalmente tachando-a de preconceituosa, racista e fóbica. Como as pessoas que compartilham da mesma idéia que ela ficam caladas, só assistindo, ela passará a pensar que está sozinha em sua causa e que está errada. Se uma pessoa é contra algo e aparecem 1.000 pessoas histericamente gritando contra ela e ninguém à sustenta, ela pensará que ninguém à sustenta porque ninguém pensa como ela e assim ela mudará de opinião, principalmente quando a esquerda move as pessoas a agirem como se uma lei inexistente já estivesse em vigência. Quando um partido de esquerda assume o poder as leis começam a ser criadas para beneficiar o partido.

Assim as pessoas vão perdendo a sua capacidade de se indignar e a sua humanidade, pois toda forma de rejeição é caracterizada como “preconceito”, “racismo” e “fobia”; mesmo que tenham sido justamente as rejeições que fundaram a civilização e enterraram a barbárie. A rejeição ao mal, ao grotesco, ao insano, ao hediondo e à barbárie. O objetivo do politicamente correto é castrar a alma das pessoas, retirar tudo que elas têm dentro de si e que as faz humanas. Com este escopo se fomentam tantas revoluções que pretendem destruir os valores ocidentais. Quando uma mulher muçulmana está em vias de ser apedrejada até a morte pela Sharia da religião de Allah, “O Misericordioso”, e resolve com seus familiares pedir ajuda para se manter viva, não é o mundo muçulmano, da “religião da Paz”, que move montanhas para interceder por ela, mas o mundo ocidental “decadente” com os seus “decadentes” direitos humanos. O comunismo deseja um novo mundo e para isso precisa destruir o já existente. Isto se efetiva principalmente através do politicamente correto. O Estado vai dizendo às pessoas o que elas devem pensar e quando estão programadas para pensar, o sentir e o expressar vêm no pacote.

É assim que se justifica também a criminalidade. A destruição dos valores também vem por sua inversão. Até pouco tempo atrás quando uma pessoa cometia um crime havia o entendimento unânime de que ela deveria ser responsabilizada pelo que fez. Hoje há a justificativa social para a ação: “Ah, ela fez isso porque é pobre.”, “Fez porque não tem instrução.”, “Fez porque não lhe deram oportunidades na vida.” e “Fez porque é pobre e se você é rico, você faz parte do sistema e a culpa também é sua.”. Esta pregação serve para a própria degradação do ser humano, pois lhe tira algo que também lhe faz humano: a escolha; além de fomentar o caos social com o aumento da criminalidade. Este é o mundo da esquerda: onde as pessoas são animais sem escolha e onde os culpados são vítimas e as vítimas são os culpados. Para o PT nada mais lógico, já que transformou guerrilheiros terroristas em heróis revolucionários e defensores da ordem social em ditadores sanguinários. Todo mundo acha bonito os marginais que se matriculam em universidades para viver protestando até contra o tamanho da folha de papel higiênico. A esquerda aliena as pessoas para que criem o caos e não aceitem ordem alguma.

Comprovado no julgamento do mensalão (Ação Penal 470) pelo Supremo Tribunal Federal (STF) que houve a compra de votos de parlamentares a favor do PT comprova-se que a opinião do povo não importa para o PT, pois existe a possibilidade, por existir corruptores e corruptos, de comprar os votos. Se a maioria dos brasileiros é contra a aprovação de uma lei, pouco importa. Se há parlamentares que vendem seus votos e existe dinheiro, inclusive do próprio povo, para comprá-los, somente o agir conforme a lei impediria a compra de votos e na pior das hipóteses basta apenas fazer alguma gritaria através das massas e algum barulho através da mídia para criar determinadas ilusões que façam o povo concordar um pouco e pronto. Não há lei que não possa ser aprovada no Brasil e o islamismo adora isto, pois odeia a democracia. O PT já fala em “islamofobia” e toda “fobia”, sem exceção, instrumentalizada pela esquerda tem o escopo de cercear a liberdade de expressão. Isto foi feito na Europa e deu certo para os muçulmanos. Se criarem uma lei proibindo que alguém se manifeste contra o islamismo ou contra os muçulmanos sob o pretexto de “repúdio à islamofobia” será apenas uma forma de impedir as críticas ao islamismo e consequentemente à Sharia.

No Ocidente as feministas se preocuparam tanto em mostrar as tetas pintadas nas ruas para protestar contra o machismo demoníaco do homem que pede à esposa que cozinhe, os gayzistas em reclamar das meras opiniões dos sacerdotes religiosos sobre o casamento entre homossexuais e os ateus em tirar o cristianismo da vida das pessoas que não perceberam que o islamismo e a Sharia estavam chegando e o que isto representará em suas vidas. Não viram o que estava acontecendo na Europa e o que o mundo islâmico vai trazer para eles através da Sharia. A América foi alienada pela luta de classes propagada pela esquerda e enquanto os muçulmanos se unem cada vez mais em seu propósito de dominar o mundo para Allah a América perde tempo se dividindo e não se atenta ao plano de dominação islâmica. A Europa já está dominada e o próximo passo é a América. Os muçulmanos não fazem a mínima questão de esconder que pretendem dominar o mundo para Allah, a religião os exorta a isto. Será uma volta ao século VII. Ao invés do homem ir a Marte, viverá escondido de arruaceiros armados aplicando a Sharia pelas ruas. Em pleno século XXI os muçulmanos trazem consigo a sombra da barbárie do apedrejamento, da Sharia.

As pessoas lutam tanto para construir um patrimônio para dar aos seus filhos, mas não se dão conta de que receberam de seus pais um mundo livre e que estão entregando um mundo sem liberdade para os seus descendentes. Quem não lutou pela liberdade não é titular dela para que possa entregá-la de mãos beijadas ao Islã. Quem nasceu livre e não precisou lutar pela liberdade tem o dever de guardá-la para as próximas gerações. O plano do islamismo para a Europa é claro: instituir a Sharia por todo o continente. Os europeus herdaram um continente livre mas estão prestes a entregá-lo aos seus filhos com a Sharia; um mundo de barbárie e sanguinolência. A mesma sem-vergonhice que os europeus começaram a ouvir da esquerda e que não perceberam o que era está sendo utilizada no Brasil pelo governo do PT e cabe a todo brasileiro decidir se quer que o Brasil se torne um país muçulmano com a Sharia e suas atrocidades e sem liberdade alguma. Se não quiser, não poderá ser estúpido a ponto de continuar votando no partido que está em conluio com o Islã. Liberdade é algo que não se espera perder para se defender e o PT não se preocupa com a liberdade de quem quer que seja, o PT se preocupa com votos e poder.

A palavra “islamofobia” foi criada para coibir críticas ao Islã e aos muçulmanos. A Europa sabe bem disto. O europeu foi amordaçado e está impedido de falar plenamente sobre o mal do islamismo. Os muçulmanos, frustrados há séculos por suas derrotas para os cristãos nas Cruzadas, sabiam que não poderiam invadir a Europa pela força, então invadiram culturalmente. Foram entrando, conquistando direitos de imigrantes, se reproduzindo sem dó e gerando descendência nascida na própria Europa. Eles não foram lá para se inserir na cultura européia, mas para impor a sua. Vivem em guetos, não se misturam e inclusive têm a sua própria lei. Existem locais na Europa em que eles aplicam a Sharia, cuspindo na legislação do país que os acolheu, sem a mínima noção de civilidade. Em Londres já foram colocados cartazes indicando a zona controlada pela Sharia declarando o que era proibido naquele local, como a bebida alcoólica, prostituição, drogas e cigarros e se algum europeu se insurge contra isto começa a histérica gritaria dos descerebrados apontando a “islamofobia”. Islamismo e Sharia andam juntos e é isto o que o PT está trazendo para o Brasil. Se o Brasil não acabar com o PT, o PT acabará com o Brasil.

Anúncios

Sobre Esquerdopatia

Minha missão é abrir os olhos para o mal que vem tomando os corações e mentes do mundo, uma psicopatia grave chamada esquerda, socialismo, comunismo ou coletivismo e seus companheiros de viagem, quais sejam: feminismo, islamismo, gayzismo, globalismo, paganismo, ateísmo. Muitas mentes e almas já estão perdidas, tamanha a lavagem cerebral a que foram submetidas, e não vêem o mal, mesmo que este lhes estapeie a cara. Porém, algumas ainda tem salvação. Nestas que pretendo concentrar meus esforços. So help me God.
Esse post foi publicado em Ameaça islâmica, Estados Unidos, Europa, PT - Partido dos Traballhadores, Revolução cultural e marcado , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para O PT está islamizando o Brasil

  1. Sem dúvida, o intento do PT “era” islamizar o Brasil, mas esses malditos petistas estão com os meses contados!!!
    Não há mal que sempre dure…

    NOVA ORDEM MUNDIAL
    A NOVA ORDEM MUNDIAL, ficará sob a coligação EURO-ASIÁTICA (Rússia & China), e qualquer esperança que os muçulmanos tinham em dominar o mundo inteiro, e impor sua Seita Pedofílica e política, na qual a pedofilia é legalizada por lei do Islã, chamada islamismo, está com os meses contados.
    CHINA já está dominando o mundo inteiro. Na Europa, estão distribuídos conforme o número de habitantes dos países, em que vivem, quase matemticamente: 30% de chineses e coreanos, inclusive na Austrália e Canadá.
    Esse povo inteligente, trabalhador e disciplinado, é o único que tem condições psicológicas e ética moral, em colocar ordem no planeta Terra.
    CHINA, é a Primeira Economia Mundial, desde 2011.
    E como eles mesmo declararam: VOCÊS NÃO PODEM NOS DETER!!!
    Palavras que demonstram segurança e não apenas esperança.
    CHINA é o único país que tem míssil invisível ao radar, podendo ser lançado para qualquer país do mundo, em minutos, sem ser interceptado.
    Finalizando: O ANTI-CRISTO (vidência), que todos pensavam que seria um homem, se enganaram, porque, sempre ambiciosos e megalomaníacos, cada político em destaque, sonhava em ser ” o escolhido” , e nunca lhes passou pela mente que poderia ser uma nação: OS CHINESES

    Obs.: Essa Nova Ordem Mundial, será instalada, ainda nessa década

  2. IRMANDADE MUÇULMANA…

    TODOS OS MUÇULMANOS PRECISAM SER EXPATRIADOS DA EUROPA E DE TODOS OS PAÍSES CIVILIZADOS, PARA O ORIENTE MÉDIO!

    ENQUANTO NÃO SAÍREM, DEVERÃO SER CONFINADOS EM CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO, ONDE PODERÃO COLOCAR NO PORTÃO DE ENTRADA: “EURÁBIA”, COMO SONHAVAM.

    A realidade que poucos conhecem:

    A SUPREMA CORTE DA ESPANHA revogou a lei que proibia o uso de véu, e os devidos trajes das muçulmanas, porque recebeu ameaças da IRMANDADE MUÇULMANA!!!

    Obs.: Essa IRMANDADE MUÇULMANA, está infiltrada em todos os países europeus, incluindo Austrália, Canadá, e a Ásia.

    Dessa maneira, todos os MOVIMENTOS contra os islamitas na Europa, e em todos os países civilizados, são logo silenciados, porque as Organizações recebem ameaças de morte, da IRMANDADE, nas quais incluem os familiares.

    É terrorismo oculto, feito através do TELEFONE.

    E, também, sob ameaça de morte, forçam as pessoas que se convertam ao islamismo.

    Os muçulmanos se impõem no mundo, através de ameaças de mortes, bombas, assim como homens-bomba ou incêndios provocados, seja numa residência ou instituição pública, como foi o caso da Suprema Corte da Espanha.

    Nota: o Papa Bento XVI, foi obrigado a abandonar o papado, porque em mais de 50 (cinqüenta) idiomas, transmitido ao mundo inteiro, falou algumas verdades sobre a maldita SEITA PEDOFÍLICA, denominada Islamismo. E o Vaticano seria impludido pelos muçulmanos, se ele permanecesse no papado. Assim, o infeliz do Papa Francisco, assumiu o papado, e teve que se humilhar, por exigência dos muçulmanos, em lavar os pés de uma muçulmana, que odeia os cristãos, e ainda teve que beijar os pés dessa maldita.

    Apenas um exemplo do que os malditos islamitas fazem no Ocidente: é o caso do político holandês, que quer livrar seu país dos islamitas, e tem todos os motivos, e devido a isso, tem que andar com seguranças, usar carro blindado, para não ser assassinado pelos muçulmanos, em seu próprio país!

    Ainda, os islamitas pertencem a uma SEITA PEDOFÍLICA E POLÍTICA, denominada islamismo, que se intitula religião, sem o ser, na qual a pedofilia é legalizada por lei do ISLÃ.

    Em razão disso, se acham no direito de estuprar nossas crianças, podendo levá-las à morte, por hemorragia interna, e se sobreviverem, ficarão traumatizadas para o resto de suas vidas.

    Uma coisa é certa, eles também tem família, como nós!!!

    Então, vamos aplicar nos muçulmanos, a Lei de Talião:

    ‘OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE’.

    Assim, não poderão mais nos intimidar com ameaças, porque saberão que haverá o troco!!!

    No Oriente Médio, matam, estupram e mutilam cristãos e membros de outras religiões.

    Por que temos que os tolerar na Europa e em outros países civilizados, se eles nos odeiam e matam?

    VAMOS DAR UM BASTA!!! NÃO VAMOS CONTINUAR RECEBENDO ORDENS PARA RETIRARMOS OS CRUCIFIXOS DAS IGREJAS, AS ÁRVORES DE NATAL DAS RUAS E ASSIM POR DIANTE. E AINDA SERMOS AMEAÇADOS DE MORTE, ASSASSINADOS OU DEIXAR NOSSAS MENINAS SEREM ESTUPRADAS PELOS PEDÓFILOS MUÇULMANOS, EM NOSSOS PRÓPRIOS PAÍSES, ONDE OS MUÇULMANOS SÃO INTRUSOS!!!

    E, viva a ISLAMOFOBIA, que varrerá do mundo, a chaga da humanidade: o islamismo e suas perversões sexuais: a pedofilia

    Obs.: os muçulmanos sempre envolvem os judeus nas descriminações, sendo que os judeus nunca foram taxados como assassinos, estupradores ou terroristas. É uma jogada maquiavélica dos islamitas, tentando espalhar o anti-semitismo (Neonazismo) pelo mundo, com intenção de enfraquecer a ISLAMOFOBIA.

  3. Por esse motivo o muçulmano Barack Hussein Obama chamou o Lula de “o cara” !!!

    BARACK HUSSEIN OBAMA e sua estratégia…

    Obama estava desesperado em bombardear a Síria, para apagar os últimos vestígios das Armas Químicas, que ele deu aos seus amigos Terroristas muçulmanos, chamados de “Rebeldes”, para serem espalhadas entre o povo, com a finalidade de incriminar o governo sírio, e finalmente conseguir o seu verdadeiro objetivo: ajudar em implantar o ISLAMISMO RADICAL, na Síria.
    Nota: no Egito, onde OBAMA também interferiu em prol da IRMANDADE MUÇULMANA se deu mal, e o ISLAMISMO RADICAL foi derrubado.
    Ora, não é OBAMA que envia armamentos e dinheiro para os Terroristas, na Síria?
    Não foi Obama que entregou um Drone para que os iraquianos o pudessem copiar, sob alegação que caiu no IRÃ?
    Obama, monitora os telefonemas no mundo inteiro, sob alegação que é para combater o Terrorismo.
    Se realmente quisesse combater o Terrorismo, monitoraria os telefonemas de muçulmanos, que são Terroristas, e não dos europeus e asiáticos!!!
    Alega que combate Terrorismo, no entanto, deixou que os irmãos chechenos, praticassem Terrorismo na maratona de Boston, embora tivesse sido avisado pelo Serviço de Inteligência Russa, que eram perigosos, e cuja mãe deles estava fichada no FBI, como Terrorista.
    OBAMA alegou ter mandado matar OSAMA BIN LADEN, e nada foi provado. O interessante é que os enviados para o Oriente Médio, e que participaram da FARSA, num total de 24 (vinte e quatro), e dos quais 20 (vinte) já estão mortos, numa verdadeira ‘QUEIMA DE ARQUIVO”.
    A única realidade crua e nua é que OBAMA é aliado dos Terroristas muçulmanos, e lhes passa todas as informações necessárias sobre tudo que acontece no Ocidente, no que se refere ao combate ao Terrorismo, através de escutas de telefonemas e internet, para que possa avisar em tempo, seus amigos Terroristas muçulmanos, se alguma preparação para um atentado Terrorista, já foi descoberta, para os advertir. Quando os verdadeiros combatentes do Terrorismo nada descobrem, o atentado é realizado.
    Se não tivesse essa intenção, não precisaria monitorar telefonemas dos Ocidentais e Orientais, porque eles não enviam Terroristas para matar em outros países, como os muçulmanos!
    Em meio a um discurso do OBAMA, lhe escapou: “FUI PREPARADO POR ANOS, PARA SER PRESIDENTE DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA”. A nítida impressão que se tem, é que foi preparado por Terroristas muçulmanos. E se aproveitando de atual tecnologia usada por NSA, PRISM E VERIZON, incluindo os Drones, está sabotando o mundo civilizado, sob alegação que combate o Terrorismo, porém OBAMA, na verdade combate a civilização ocidental e oriental, em prol dos Terroristas muçulmanos!
    A Europa e os países civilizados não podem e nem devem aceitar qualquer ajuda desse “infiltrado” na presidência americana, o OBAMA, que se faz passar por um simples mulato e cristão, e cuja verdadeira identidade e religião continuam uma incógnita!
    E, graças ao BARACK HUSSEIN OBAMA, o terrorismo aumentou!!!

  4. ANDERS DA NORUEGA…

    TODOS OS MUÇULMANOS PRECISAM SER EXPATRIADOS DA EUROPA E DE TODOS OS PAÍSES CIVILIZADOS, PARA O ORIENTE MÉDIO!

    ENQUANTO NÃO SAIREM, DEVERÃO SER CONFINADOS EM CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO, ONDE PODERÃO COLOCAR NO PORTÃO DE ENTRADA: “EURÁBIA”, COMO SONHAVAM.

    As verdades que não devemos esquecer:

    ANDERS BEHRING BREIVIK da Noruega não é um assassino, é um idealista, assim como foi Che Guevara e outros, que arriscaram suas vidas e liberdade, em prol da humanidade. E. como o próprio Anders da Noruega declarou: “foi cruel, mas necessário”. Com seu ato, ao eliminar os islamitas e seus simpatizantes, ele teve a intenção em alertar o mundo sobre os perigosos muçulmanos, que se infiltram na Europa e em outros países civilizados, sob qualquer pretexto, e na primeira oportunidade fazem terrorismo nos países que os acolheram.

    Exemplos: na França, queimam as propriedades dos ocidentais, sob qualquer pretexto, e contratam desocupados para fazerem o “serviço”, em conjunto, para não serem incriminados. E, onde podemos observar que todas as Igreja estão pichadas, e apenas as Mesquitas não estão. Se fosse obra de pichadores, as Mesquitas também estariam.

    Na Rússia, mataram dezenas de crianças numa escola, mas ali não puderam negar a autoria. Na Itália, apenas oito islamitas, em poucos meses, estupraram mais de 600 (seiscentas) meninas de 12 a16 anos de idade, obviamente virgens, o que foi amplamente divulgado.

    Na Inglaterra incendiaram várias cidades inglesas, somente porque um islamita foi morto pela polícia, e também estupram meninas inglesas.

    Nos USA todos sabem o que aconteceu, porque foi amplamente divulgado.

    No Brasil, um brasileiro que matou vários estudantes num colégio, tinha ligações com terroristas islâmicos, inclusive pela Internet.

    Portanto, podemos deduzir que todos os assassinatos nas escolas, no mundo inteiro, mesmo não sendo efetuados por muçulmanos, os atiradores são recrutados por eles.

    Incluíndo assassinatos de civis, por facadas.

    Islamismo não é religião, é Seita Pedofílica e política, com suas leis próprias, nas quais a pedofilia é legalizada por lei do Islã. Qualquer muçulmano pode casar com 3 (três) meninas, ao mesmo tempo, com 9 (nove) anos de idade ou menos, para suas orgia pedofílicas, e quando morrem nessas orgias, apenas são substituídas. Alegam que é costume, para justificarem suas perversões sexuais. Os islamitas seguem o exemplo do pedófilo Mohamed, que chamam de profeta, e cuja última esposa, Ayshah, tinha apenas 8 (oito) anos de idade.

    Antes do ato de Anders Behring Breivik, a Nova Ordem dos Templários não era conhecida, agora essa Sociedade Secreta se espalhou pelo mundo inteiro, tendo milhões de seguidores, que estão aumentando a cada dia. Se era esse o objetivo de Anders, a divulgação, então conseguiu!!! E, a Islamofobia se fortificou pelo mundo civilizado, graças ao corajoso Anders de Noruega.

    Obs.: os muçulmanos, sempre covardes como todos os assassinos, se escondem por trás das “Estrelas Negras”, na Grécia, e outras denominações que usam, para promoverem revoltas e matanças, com intuito de dominarem os PAÍSES, posteriormente.
    O mesmo método estão usando na Síria, e depois culpam o governo Sírio, pelos genocídios que praticam.

  5. Eliseu disse:

    Bem, há previsões que apontam a China como um país cristão até 2050, isto é, sua população será de “JESUS” (ainda não é devido à perseguição que os cristãos sofrem na China), e se ela vier realmente a dominar o mercado, estaremos a salvo. De qualquer forma, essa seita pedófila (islã) que se auto-titula “religião da paz” não pode e nem vai prevalecer, o mundo quer evoluir e não retroceder.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s