Renúncia de Bento XVI e a profecia do último Papa


Por Jerome R. Corsi, da WorldNetDaily, 12/02/2013

Apesar de um papa católico romano não ter deixado o cargo em quase 600 anos, a renúncia surpreendente do Papa Bento XVI foi predita pelos co-autores de um livro publicado na primavera passada, sobre uma profecia medieval de que o próximo pontífice será o último.

Em “Petrus Romanus: The Final Pope is Here,”, os co-autores Tom Horn e Cris Putnam examinam a “Profecia dos Papas”, escrita por São Malaquias, baseada em sua visão profética dos próximos 112 papas, começando com o papa Celestino II , que morreu em 1144. Malaquias apresentada uma descrição de cada papa, culminando com o papa final, “Pedro, o Romano”, cujo reinado iria acabar com a destruição e julgamento de Roma.

Horn disse que a renúnica de Bento XVI ao invés de morrer no papado foi baseada não só em São Malaquias, mas também em uma série de informações históricas e atuais.

Nós analisamos “A Profecia dos Papas”, analisamos o que estava acontecendo nos meios de comunicação italianos, e nós determinamos, com base em uma grande quantidade de informações, que o Papa Bento provavelmente deixaria o cargo, alegando motivos de saúde, em 2012 ou 2013″, disse Horn.

São Malaquias foi um santo irlandês e arcebispo de Armagh, que viveu de 1094 a 1148. Malaquias descreveu o penúltimo papa, que Horn acredita ser Bento XVI, como “Gloria olivae” ou “Glória da Oliveira”.

O Papa Bento XVI não era um sacerdote beneditino, mas ele escolheu o nome de Bento, o fundador da Ordem de São Bento, que também é conhecida como Ordem dos Beneditinos de Monte Oliveto.

O símbolo da Ordem Beneditina inclui um ramo de oliveira.

Bento, falando na segunda de manhã em latim para uma pequena reunião de cardeais no Vaticano, disse que, após examinar sua consciência “diante de Deus, eu tive a certeza de que meus pontos fortes, devido à idade avançada, não são mais adequados para um apropriado exercício de liderar a Igreja Católica Romana.”

Pedro, o Romano

Horn e Putnam discutem as evidências, apontando para uma renúncia de Bento XVI nas páginas 74 e 486, em seu lançado em livro de abril 2012, e Horn fez a previsão de uma série de programas de rádio nos últimos meses, incluindo 13 de janeiro deste ano.

Malaquias descreveu o último Papa como “Petrus Romanus”, ou “Pedro, o Romano”, escrevendo: “Na perseguição final da Santa Igreja Romana reinará Pedro, o Romano, que irá alimentar seu rebanho entre muitas tribulações e depois a cidade das sete colinas será destruída e o Juiz terrível julgará o povo.”

Horn e seu co-autor criaram a sua própria lista de 10 candidatos para suceder Bento XVI e tornar-se “Pedro, o Romano”.

Curiosamente, o principal candidato é o cardeal Tarcisio Bertone Evasio Pietro, o Cardeal Secretário de Estado, que nasceu em Romano, Itália. Seu nome poderia, portanto, ser Pedro, o Romano.

Outro Pedro que está na lista é um negro Africano, o cardeal Peter Turkson, de Gana, o atual presidente do Conselho Pontifício de Justiça e Paz.

Em qualquer caso, Horn observou, os católicos acreditam que o Papa habita o “ministério petrino” como um sucessor do apóstolo Pedro.

Outros candidatos na lista de Horn são Francis Arinze, Angelo Scola, Gianfranco Ravasi, Leonardo Sandri, Ennio Antonelli, Jean-Louis Tauran, Christoph Schönborn e Marc Quellet.

Em 1880, M. J. O’Brien, um padre católico, publicou em Dublin um livro fornecendo uma “análise crítica e histórica ” das profecias de São Malaquias.

O’Brien acredita que Malaquias estava declarando que o reinado do papa identificado como Petrus Romanus culminaria com o fim do mundo e o retorno de Jesus Cristo.

O’Brien descreve que a visão de Malaquias ocorreu enquanto o santo estava em Roma por um mês, visitando e orando em locais históricos e sagrados na Cidade Eterna:

 A visão das ruínas da Roma pagã, os túmulos dos Apóstolos, o pensamento de tantos milhares de mártires, a presença do [Papa] Inocêncio II, que tinha sido obrigado a vagar tantos anos na França e em outros países por conta do anti-papa Anacleto – tudo isso, eu digo, encheu a mente de São Malaquias com reflexões profundas e tristes e ele foi forçado a gritar nas palavras dos profetas antigos: “Usquequo, Domine non misereberis Sion?” – “Até quando, ó Senhor, Tu não terás piedade de Sião?”

 O’Brien continua:

E Deus respondeu: “Até o fim do mundo, a Igreja será tanto militante quanto triunfante. Até o fim do tempo os sofrimentos da minha paixão e os mistérios da minha cruz devem ser continuados na terra, e eu estarei com você até o fim do mundo.” E então foi revelado diante do olhar do santo bispo de Armagh a longa linhagem de ilustres que iriam dirigir a tempestuosa missão de Pedro até o fim.

Malaquias entregou seu manuscrito a Inocêncio II, que foi pontífice de 1130 a 1143. O documento foi guardado nos arquivos do Vaticano, onde permaneceu desconhecido, até sua descoberta em 1590.

Surpreendentemente preciso

Ao longo dos últimos 900 anos, vários críticos questionaram a autenticidade e veracidade das profecias de São Malaquias, muitas vezes alegando que os métodos utilizados por alguns de seus intérpretes para aplicar seus epítetos a certos papas têm sido tortuoso.

Horn disse que ele e Putnam tinha uma visão crítica de “A Profecia dos Papas” e concluiu que a primeira parte dela, as primeiras 70 ou mais previsões, provavelmente foram alteradas no final do século 16.

“Parece que alguém tinha alterado o documento medieval original de 1590 para trás, para promover um cardeal específico para o Colégio de Cardeais, para o cumprimento do que naquela época, ainda era uma lista secreta de papas,” Horn explicou.

Um defensor para o Cardeal Girolamo Simoncelli, diz Horn, provavelmente “adulterou o documento para fazer parecer que ele estava apontando para Simoncelli.”

Em “Petrus Romanus”, diz Horn, ele e Putnam “ignoraram tudo anterior a ano 1595, como parcialmente ou totalmente adulterado.”

Após 1595, no entanto, “A Profecia dos Papas” foi aberta ao escrutínio público.

Uma versão moderna das profecias de Malaquias foi publicada em 1969 pelo Arcebispo H.E. Cardinale, o Núncio Apostólico para a Bélgica e Luxemburgo.

Cardinale escreveu que “é justo dizer que a grande maioria das previsões de Malaquias sobre os Papas sucessivos é incrivelmente precisa – lembrando sempre que ele dá apenas um mínimo de informação.”

Horn observou que o irmão de Bento XVI, Georg Ratzinger, também sacerdote, sugeriu no ano passado que o pontífice poderia se aposentar aos 85 anos, argumentando que a Lei Católica permitiria que ele renunciasse se sua saúde não permitisse que ele continuasse.

Bento XVI falou sobre o assunto da renúncia papal em um livro-entrevista “Luz do Mundo”.

Perguntado se ele achava que apropriado para um papa para se aposentar, ele disse: “Se um papa percebe claramente que ele não está mais fisicamente, psicologicamente e espiritualmente capaz de lidar com os deveres do seu cargo, então ele tem o direito e, sob certas circunstâncias, também a obrigação de renunciar “.

Fonte: WorldNetDaily

Tradução: Blog Esquerdopatia

Leitura complementar sugerida: São Malaquias

Anúncios

Sobre Esquerdopatia

Minha missão é abrir os olhos para o mal que vem tomando os corações e mentes do mundo, uma psicopatia grave chamada esquerda, socialismo, comunismo ou coletivismo e seus companheiros de viagem, quais sejam: feminismo, islamismo, gayzismo, globalismo, paganismo, ateísmo. Muitas mentes e almas já estão perdidas, tamanha a lavagem cerebral a que foram submetidas, e não vêem o mal, mesmo que este lhes estapeie a cara. Porém, algumas ainda tem salvação. Nestas que pretendo concentrar meus esforços. So help me God.
Esse post foi publicado em Catolicismo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

32 respostas para Renúncia de Bento XVI e a profecia do último Papa

  1. DougSampaNA disse:

    Se Hatzinger for o ultimo da lista e realmente a profecia do tal São Malaquias tiver origem em Deus, o próximo deve ser o tão temido ecumenista Falso Profeta de Apocalipse, o qual vai se encarregar de ecumenizar toda adoração ao falso rei das nações e messias, que ainda virá, isto tambem significa que o arrebatamento do Corpo de Cristo ( que são todas as pessoas que confessaram Jesus Cristo como Único Senhor e Salvador pessoal) está próximo. Na hora que o Corpo de Cristo deixar este mundo então não haverá mais legitima oposição as enganadoras e livres forças do mal neste mundo, como escrito, com todas sortes de poderes para enganar os que rejeitaram a Jesus, pois não O creram para O receber em seus corações (2a Tessalonicenses cap 2 , versos de 1 a 13).
    E virão os 7 anos de governo do Anticristo, os juizos divinos sobre toda a raça, e antes que QUASE todos sejam destruidos, virá o DESEJADO DAS NAÇÕES, Aquele que destruirá o Anticristo, e o Falso profeta e amarrará Satanás por mil anos, Instalará seu Reino de Paz(fara tambem a ressurreição dos crentes do A.T.), e de Jerusalem governará sobre todas as nações; haverá repovoamento da Terra que será purificada pelo Senhor, comida em absoluta abundancia, e a Lei será respeitada; os que nascerem nesta época terão que crer no Senhor como O Messias prometido, e que eles terão o privilégio de ver; ao fim dos mil anos satanás será solto, para levantar os incrédulos infiéis que ficaram na moita contra Jesus, e então este os destruirá de vez. Satanás será lençado pra sempre no Lago de Fogo; os incrédulos ressuscitarão , serão julgados para receberem seus niveis de castigo eterno, e lançados em corpo-alma e espirito no lago de fogo, esta é chamada de 2a morte, ou entendida como 2a separação de Deus, com oduração eterna, e sem comutação de pena; uma vez lá, lá pra sempre!
    Ufa…12 anos de estudo em 20 linhas…que tristeza para os que foram avisados e não creram…que alegria para os que creram e estarão com Cristo todo o sempre.

  2. Adriana de Moraes disse:

    Outra profecia?? Por que exatamente essa estaria certa, se tantas outras já se mostraram erradas? O problema das profecias é exatamente esse, quem previu já está morto e elas jamais se comprovam.

  3. antonio disse:

    Concordo plenamente com o amigo, parabéns pelas palavras de sabedoria, o senho jesus cristo reinará para todo sempre, tempos de tribulação e perseguição estão por vir mas quem tiver deus como seu único e verdadeiro salvador não a o que temer, paz para todos e que deus ilumine o caminho de cada um.

  4. Anônimo disse:

    EM ISAIAS 55.6 ESTA ESCRITO BUSCAI AO SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR, INVOCAIO-O ENQUANTO ESTÁ PERTO.

  5. Anônimo disse:

    VIGIAI POIS NÃO SABEIS A QUE HORAS A DE VIR O FILHO DO HOMEM!!!!

  6. Anônimo disse:

    luciano ns/ vamos ficar firmes com cristo, ate o fim jesus vem ai……..

  7. Márcio disse:

    Roma é uma cidade santa? Para o cristianismo faz sentido. O Vaticano já mostrou que o Bento NÃO está doente, e justificar apenas a idade para uma renúncia? Por 3 vezes a pseudo-ininterrupção foi quebrada. E estou acompanhando uma ‘profecia fabricada’. Ao invés de um conclave “divino”, já se sabe que vai ser o romano da Itália.
    Como as primeiras 70 foram adulteradas, tá igual a ‘profecia’ pedra sobre pedra, “profetizada” quase 200 anos depois.
    Paulo II morreu em condições muito piores. NADA que o Ratzinger disser agora, nas condições atuais em que está, justifica uma renúncia. A igreja tá quebrada, essa é a realidade, e ele não teve competência pra mudar números.

  8. Anônimo disse:

    E que tal se fosse Peter Turkson. Não é romano, mas Peter não deixa de ser Pedro…

  9. Dayane Vasconcelos disse:

    e que tal se fosse Peter Turson, não é romano, mas Peter não deixa de ser Pedro…

  10. Cristovao Junior disse:

    CURIOSIDADES PROFÉTICAS A CERCA DO NOVO LÍDER DA IGREJA CATÓLICA, JORGE MARIO BERGOGLIO: SERIA ELE O ÚLTIMO PAPA?

    Existem várias profecias e mistérios a cerca do novo Papa que liderará a Igreja Católica Apostólica Romana no futuro próximo. Fizemos uma suscita e pontual pesquisa a cerca dos mistérios que envolvem o suposto: “último Papa”, assim, informamos que não iremos aprofundar em questões e demais dogmas escatológicos e outros pormenores que envolvam os 8 reis, as 7 colinas e outros signos que cercam o tema, descritos no livro de Apocalipse, Daniel, demais Centúrias de Nostradamus, etc, pois, nosso objetivo, é tão somente expor a nossa pesquisa sobre a matéria, de forma resumida e incisiva.

    Traçaremos um paralelo convergente entre as principais profecias reveladas a João, Nostradamus e São Malaquias, ao que passamos a analisar nos tópicos a seguir:

    1. O ÚLTIMO PAPA VIRIA DA FRANÇA

    Uma destas profecias a cerca do último papa, (para quem acredita) fora reveladas ao profeta Nostradamus, o qual revela-nos algumas características presentes no último líder católico, o qual foi também denominado de “anti Cristo” ou “Papa Negro”. Segundo aquele profeta, o derradeiro Papa seria originário da França, vejamos o que predisse Nostradamus em algumas de suas centúrias:

    Centúria V – Quadra 49

    “Não da Espanha, mas da França antiga
    ele será eleito para a nave trêmula.
    (…”)1

    1.1 O RAIO QUE ATINGIU O VATICANO, NO DIA DA RENÚNCIA DE RATZINGER

    Lembram-se do raio sobre a Basílica de São Pedro (Vaticano), no dia da renúncia do Papa Ratzinger? Nostradamus também previu tal acontecimento:

    Cent 2 – Quad 76

    “Relâmpago na Borgonha revelará portentosos eventos
    Algo que jamais poderia ser feito por trapaça
    O padre aleijado, Revelará assunto do Senado para o inimigo”. 1

    “O último Papa, francês e aleijado, a serviço do Anticristo. Bolonha é a origem eclesiástica do Papa. O relâmpago simboliza a traição à Igreja”.

    Notem que o profeta detalha uma anomalia física neste Papa, poderia ser uma deficiência ocular, já que Bergoglio usa óculos, e, em sua época, é evidente que Nostradamus não poderia precisar o que seria tal patologia.

    Isto posto, fica claro mais uma vez a origem desse Papa: Borgonha, na a França.

    2. UM PAPA DE ORIGEM ITALIANA

    Tanto nas Centúrias de Nostradamus, como na profecia de São Malaquias, como nas revelações de João, no livro de apocalipse, pode-se constatar que o último Papa, teria uma origem itálica, não obstante, tentamos decifrar esse código da seguinte forma:

    O recém eleito Papa, adotara o nome de FRANCISCO, o que significa: “Nascido na França”, em sua derivação latina. Vejamos o que diz os textos proféticos:

    Em sua 5ª. Centúria – Quadra 56, Nostradamus nos revela:

    “Pela morte do idoso papa
    será eleito um romano de boa idade”. (nacionalidade italiana)
    (…). 2

    2.1 O PEDRO ROMANO – Petrus Romanus

    Observem que o profeta anuncia que esse Papa (aqui referido), vindo da França, seria “romano”, o que foi ratificado por São Malaquias, que disse:

    In persecutione extrema S.R.E. sedebit Petrus Romanus,
    qui pascet oves in multis tribulationibus,
    quibus transactis civitas septicollis diruetur,
    et Iudex tremêndus iudicabit populum suum.
    Finis.

    O que pode ser traduzido por:

    “então Na perseguição final à sagrada Igreja Romana reinará Pedro Romano,
    que alimentará o seu rebanho entre muitas turbulências,
    sendo que então, a cidade das sete colinas (Roma) será destruída
    e o formidável juiz julgará o seu povo”. 3

    São Malaquias continua:

    “Tu, in desolacione suprema sede. Ecce Petrus Romanus, ultimus Dei veri Pontifex!”

    Tradução: “Tu, em suprema desolação se assentará, reinará Pedro, o Romano, o último verdadeiro Papa de Deus!”(o sucessor de Bento XVI).

    Fonte (http://thoth3126.com.br/o-fim-da-igreja-de-roma-profecias-de-sao-malaquias/

    A João, foi revelado no livro de apocalipse:

    Ap. 17:9-11 “Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis, dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco. E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição”.

    A escatologia nos ensina que (é possível) que estes oito reis sejam os (mais recentes) líderes da igreja católica, entretanto, como já dissemos, não iremos abordar essa temática, apenas nos atentaremos à nossa proposta de revelar o que a priori nós prontificamos, assim, sabe-se que a cidade posta entre sete montes (colinas) é Roma, e é de lá, que supostamente viria o oitavo rei, confirmando as profecias anunciadas, tanto a São Malaquias, quanto a Nostradamus.

    3. BEM, MAS O QUE TERIA HAVER O NOVO PAPA (RECÉM ELEITO), COM TAIS PROFECIAS?

    Para responder tal indagação, precisamos socorrer ao direito internacional e constitucional, o qual nos ensina que o regime de nacionalidade adotado pelo Estado Italiano é o juris sanguinis, e isso significa que:

    “A Constituição italiana reconhece como cidadãos os filhos de pai ou mãe italianos, o que significa dizer que a cidadania italiana tem por fundamento o princípio juris sanguinis, ou seja, é estreitamente ligada ao fato da pessoa ser descendente direto de cidadão italiano.

    A consequência mais direta do princípio juris sangunis é o fato de não importar, para efeitos de reconhecimento da cidadania, absolutamente, o local de nascimento da pessoa, mas sim, as suas origens.

    Assim, nascidos na Itália, no Brasil, ou em qualquer outro país do mundo, os descendentes de cidadãos italianos, também chamados oriundi, são cidadãos italianos, não importando há quantas gerações tenha a família deixado a Itália”.

    Este tema está positivado na Legislação Italiana em:

    • Circolar 32, de 13 de junho de 2007
    • Circular 28, de 23 de dezembro de 2002
    • Circular K28, de 8 de abril de 1991
    • Lei n° 91, de 5 de fevereiro de 1992

    Assim sendo, não restam dúvidas que a profecia a qual indica a ligação do último Papa, com Roma tem-se confirmado, haja vista que Jorge Mario Bergoglio (Francisco) é descendente de italianos, filho de Mario Bergoglio (trabalhador ferroviário) e Regina Bergoglio (dona de casa), todos nascidos na Itália, por tanto, segundo às leis daquele pais, o novo líder da igreja romana, detém a nacionalidade italiana por direito, ou seja: é o Petrus Romanus, já que o posto papal é entendido (nos dogmas católicos) como sendo uma derivação do próprio apóstolo Pedro, discípulo de Jesus, o qual, segundo a fé romana, é o fundador da igreja de Cristo.

    Que este estudo, sirva para certificarmos que a vinda de Cristo, está muito próxima, e que devermos guardar o “azeite de nossas lâmpadas”, pois os sinais dos tempos estão se cumprindo.

    Paz e graça a todos.

    Cristóvão P. S. Junior
    Cristão, servo do Deus Altíssimo, Senhor dos Senhores, o Alfa e o Omega, Aquele que revela aos símplices.
    Advogado – especialista em Direito Constitucional e Administrativo
    Doutorando em Ciências Criminais
    e-mail: cristovaojradv@bol.com.br

    NOTAS
    1. (http://apocalipse2000.com.br/nostradamus11.htm), acesso em 13/03/2013.

    2. (http://universo-cultural.com.br/index.php/misterios/338-nostradamus-e-os-papas), acesso em 13/03/2013.

    3. (http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Malaquias), acesso em 13/03/2013.

  11. Anônimo disse:

    Bendito aquele que tem Jesus como único senhor e salvador

  12. CLEIDE MORCELI disse:

    ATENTEM -SE PARA O VERDADEIRO NOME DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS, AO QUAL O NOVO PAPA RETIROU SEU NOME “FRANCISCO” . ERA (Giovanni di Pietro di Bernardone), CONTINHA O PIETRO, QUE É PETRUS OU PEDRO !!!!!!!!!!!!!! AS PROFECIAS IRÃO SE CUMPRIR, QUEM TIVER OLHOS QUE VEJA E OUVIDOS QUE OUÇAM !!!!!! MEU DEUS FORTALEÇA MINHA FÉ E QUE EU NÃO TENHA OUTRO DEUS SENÃO A TI.

  13. Márcio disse:

    Parece que ninguém aceitou a sugestão do padre Paulo Ricardo a conferirem sua exposição sobre o assunto.
    PERFEITO!!!!!!!!!!!!!!!!! No vídeo ele fecha o assunto perfeitamente.
    Pós fato, a coisa fica impossível de sair errada.

    • Esquerdopatia disse:

      Pois é. Acho fundamental analisar fatos ou versões de vários ângulos e depois fazer um juízo ou chegar a uma conclusão. Infelizmente, nem todos pensam assim.
      Saudações, Márcio. Espero que volte sempre ao blog.

  14. Anônimo disse:

    Antes de mais nada, Deus esteja convosco e jesus ao nosso lado.
    Sou muito crente e vivo numa terra Suiça onde sinto tanta energia, aqui viveu e morreu o Santo Bruder Klaus,vivo quase há um ano,vim parar a esta terra devido a uma oração muito profunda á nossa senhora da Atalaia,após terminado a oração não demorou um minuto a receber uma chamada para ir trabalhar, mal eu sabia o que me esperava,
    Graças a Deus e á minha fé vim para um local cheio de energia , uma energia envolta de fé e coragem, sim deixei quem mais amo em portugal para lutar contra todas profecias existentes que queiram abalar a nossa fé, já agora vou fazer uma profecia o Papa Francisco irá sim ser o ultimo mas sim escolhido pelo conclave . Os proximos irá o povo escolher o povo há-de ser iluminado na praça de S.Pedro.
    O Papa Francisco vai ser a chave da felicidade e da vontade de Deus, Jesus há-de pairar sob as nossas cabeças em sinal de fé, acreditem ou não, pois é tempo de tirar-mos as máqscaras que portamos todos dias e deixar entrar a fé nas nossas almas.
    Querido Jesus aceita-me no teu reino como eu sou ,um crente que muitas vezes duvidou da tua bondade perdoa a todos aqueles que tenham perdido a fé e a esperança, ajuda o Papa Francisco a encontrar o caminho certo da Felicidade e do Amor,porque o povo necessita de sentir-se aconchegado no seu cantinho.
    Bem haja a todos

    • Esquerdopatia disse:

      Independente da profecia ser ou não verdadeira, o que importa é termos Deus no nosso coração e vivermos uma vida digna aos Seus olhos. Assim, quando da segunda vinda de Cristo – seja amanhã ou daqui a 5, 10 ou 5000 anos – estaremos preparados e O receberemos com alegria, não com temor.
      Saudações

  15. Caríssimo, neste momento, perante ti, quero publicar um pensamento que tomou conta de minha mente ao ler o texto acima e demais comentários dos irmãos… veio-me a cabeça, não sei se por inspiração divina, Deus o sabe, que, como todos sabemos, é a igreja constituída como o corpo de Nosso Senhor, o Cristo, durante sua permanência conosco, em carne, passou por diversas experiências humanas antes de ser levantado no madeiro e posteriormente a sua perseguição e morte, ter sido glorificado pelo Pai na plenitude de Sua Glória pela ressurreição, à Igreja de Cristo assim sucederá… assim como nos primórdios da evangelização a Igreja sai vencendo como vencedor, em etapas posteriores passou por amarguras, perseguições, traições e demais estultices, assim foi com Cristo Jesus enquanto encarnado junto a nós… penso que a Igreja deverá passar por todas as etapas experimentadas por Nosso Senhor neste mundo para que, como Ele, chegue a perfeição assim que, ao final dos tempos, depois de perseguida, humilhada, aviltada na própria carne, atirada ao madeiro (sim, basta verificar o numero de Cristãos mortos anualmente mundo afora) ressuscite novamente em gloria e perfeição assim como foi com seu Criador… que tenhamos a paciência e fé necessárias para que atravessemos o lamaçal e, incorruptíveis saiamos limpos do outro lado da imundície deste mundo… “Na paciência ganhareis vossas almas”… Paz de Cristo…

    • Esquerdopatia disse:

      Sim, sendo a Igreja o corpo de Cristo é inevitável que esta sofra o que sofreu Nosso Senhor: perseguições, calúnias, violências, etc.
      No entanto, é sabido que não há mal que dure para sempre e, no fim, Ele triunfará sobre toda a iniquidade e a maldade, sendo levados para Sua companhia aqueles que Ele julgar merecedores. Cabe a nós estarmos o mais preparados possíveis, pois não se sabe o dia de amanhã. Portanto, não importa qual vai ser o dia em que chegará o nosso fim neste mundo (nossa morte) ou o fim do mundo como um evento coletivo e simultâneo (apocalipse). O que importa é estarmos preparados espiritualmente quando a nossa hora chegar.

  16. Rosa disse:

    O papado de João Paulo segundo e o de Bento Dezesseis são considerado o mesmo segundo uma aparição de nossa senhora, pois o segundo é discípulo do outro e deu continuidade aos projetos do primeiro. Por isso a lista dos papas de são Malaquias deve ser revista.

  17. Paulo de tarso disse:

    impressiona o fanatismo religioso criticado a outros e nao ao catolicismo, aqui elevado a santo…criticado injusto…perseguido…caluniado…vcs leem a historia? vivem na Terra isolados para nao verem nem antigamente pelos livros e hj por todos os veiculos, as podridoes internas da igreja? bento reunciou pq ta velho mesmo? igreja = politica municipal, estatal e mundial…sempre foi e sempre sera. ha sitacoes aqui colocando com se Cristo fosse a favor da igreja, e O mesmo disse que a igreja esta dentro de cada um e nao em templos. se esqueceram do cara que foi contra veementemente templos e cobrancas? falta muita humildade de fato no homem, e essa perfeita imperfeição em que vivemos esta de fatos c os dias contados, seja pela religiao – que hhj so serve pra nos separar ao inves de religar – , seja pela ciencia – pois é a lei da ação e reação, logo estamos colhendo todas as ações por nós feitas…um dia a conta chega com toda a cobranca descrita tal como boleto – , seja pela filosofia. abraços a todos e espero estar vivo nessa encarnação ainda para ver o final. SOMOS O REFLEXO DO QUE PENSAMOS, AGIMOS…TAO SIMPLES…

    • Esquerdopatia disse:

      Tem razão. Os fanáticos religiosos cristãos são muito perigosos, jogando aviões em prédios, estuprando e decapitando infiéis, explodindo a si mesmo e aos que estão em volta em nome de Cristo, pregando a morte daqueles que não se convertem em cristãos…
      A verdade é que nenhuma religião no mundo é tão perseguida e odiada quanto a Igreja Católica. Recomendo que você veja o seguinte vídeo:
      https://esquerdopatia.wordpress.com/2013/03/10/palestra-de-dinesh-dsouza-sobre-as-estrategias-e-falacias-dos-neo-ateistas/
      Sobre Cristo ser contra a Igreja, contra templos e cobranças, você faz uma confusão dos diabos. Jesus disse “Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha Igreja” (Mt 16,18). O significado é óbvio. Quanto às cobranças, não sei do que você fala. Alguém já foi te cobrar algum valor monetário em nome da Igreja Católica Apostólica Romana? As pessoas fazem DOAÇÕES, se quiserem. Ninguém é cobrado.

      • Márcio disse:

        Em se falando em ódio, é INDISCUTÍVEL que a mais odiada, por vários outros credos em diferentes períodos de tempo, além do cristão, foi e é o judaísmo. Independente do post anterior, não há o que discutir aqui.
        Não é porque o advento da reforma ocorreu que os católicos são ‘odiados’. Hoje cada ‘ramificação’, digamos assim, coexistem, e agem de forma idêntica, um contra o outro.

        Os árabes seguraram a peteca na época em que a igreja fazia o monopólio cultural. Se criaram a primeira ‘universidade’, listo várias escolas similares datando do período grego. Se os árabes cismaram em criar uma nova agremiação para disputar terreno religioso é outro ponto. E, se a história for o fiel da balança, a humanidade teve uma revolução cultural após a reforma, e isso é FATO. Por mais que a igreja tente maquiar, há fatos incontestáveis que atestam tais coisas.

        Apesar de conhecer o destino do dinheiro, e os métodos para obtê-los, os protestantes também não obrigam ninguém a pagar nada, eles doam por ‘vontade manipulada’, que seja, própria.

        Hoje há um fenômeno que coloca ambos os lados em um severo xeque. O florescimento intenso (nunca imaginei a proporção que tomou) do ateísmo no mundo.

        É hoje de sentar mesmo, e ver o que realmente está havendo.

      • Esquerdopatia disse:

        Eu prefiro ficar próximo a Deus, pois tudo nele começou, nele continua e nele terminará.
        Ateístas, gnósticos e agnósticos, socialistas e comunistas estão ferrados em vida terrena e depois dela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s