Al-Qaeda planeja possível ataque terrorista islâmico aos EUA e à Europa


por Reza Kahlili(*), do WorldNetDaily,

Um ex-comandante da Guarda Revolucionária Iraniana alertou a América e a Europa que, em breve, terroristas islâmicos da Al-Qaeda poderão atacá-los.

Além disso, uma fonte do ministério do governo islâmico de Inteligência disse que outra célula terrorista está prestes a entrar nos Estados Unidos. Caso o ocidente não reconheça o “direito” do Irã ao desenvolvimento nuclear dentro de seis meses, os terroristas podem vir a atacar, diz a fonte.

Os alvos potenciais nos EUA incluem torres de alta tensão, visando causas blecautes, torres de celular, abastecimento de água, transporte público, além de prédios militares e do Departamento de Defesa.

A fonte disse que os seis políticos americanos que defenderam medidas mais duras contra o regime iraniano estão na lista para serem assassinatos. Outros alvos incluem o Lincoln Memorial, a Catedral Nacional de Washington e o Museu Metropolitano de Arte de Nova Iorque.

Durante os dois dias de negociações entre os cinco países membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU que ocorreram no Cazaquistão, foi discutido o programa nuclear ilegal iraniano. Ambas as partes concordaram em se encontrar novamente em março e abril próximos.

A fonte informou que o prazo final para que o Irã resolva a questão do desenvolvimento nuclear é abril. O objetivo é interromper a atividade de desenvolvimento de armas nucleares em Fordow, além de tomar medidas concretas para parar com o enriquecimento de urânio naquele local. A mídia iraniana está evitando mencionar o enriquecimento de urânio em Fordow, uma vez que há relatos de que explosões ocorreram por lá. Ainda de acordo com a fonte, houve testes nucleares e o Ocidente está pressionando o Irã a parar os referidos testes em Fordow, que possui instalações subterrâneas, imunes a ataques aéreos convencionais.

Os testes que ocasionaram as explosões em Fordow mudaram drasticamente os termos do diálogo entre o Irã e o Conselho de Segurança da ONU. Há relatos de que dezenas de cientistas e técnicos foram mortos nas explosões, além de outros vários feridos. Devido ao vazamento de radiação, as equipes de resgate e de segurança que atenderam o local estão ficando doentes.

Segundo a Agência de Notícias FARS, um meio de comunicação dirigido pela Guardia Revolucionária,o  vice-chefe do governo do Estado Maior das Forças Armadas, Brigadeiro general Masoud Jazayeri afirmou na quinta-feira que “a Al-Qaeda e outros grupos criarão novos problemas para a América e Europa.”

Jazayeri advertiu que esses grupos têm os recursos tecnológicos para ameaçar os EUA e que “se os cidadãos americanos e europeus não confrontarem as políticas agressivas de seus governos, eles podem não ser poupados de possíveis eventos futuros (ataques terroristas).”

As células terroristas estão prontas para atacar a França, Alemanha e os EUA.

 O Irã tem armado, treinado e financiado a Al-Qaeda por muitos anos. O governo do líder supremo, o aiatolá Ali Khamenei e os comandantes da Força Quds realizaram várias reuniões com os líderes da Al-Qaeda em Teerã, onde o plano foi concebido para atacar o Ocidente.

A fonte relatou que uma equipe de seis membros, incluindo um especialista em explosivos, irá se juntar aos 10 comandantes da Força Quds, que já têm uma célula de 50 terroristas da Al Qaeda nos EUA. A fonte acrescentou que o ataque será feito de maneira que não seja possível ligar os ataques à Teerã.

Esta informação foi compartilhada com agências de inteligência dos Estados Unidos, que seguiram os suspeitos de terrorismo em três países até o momento. A fonte está trabalhando com as autoridades americanas para verificar a informação, embora esta ainda não tenha sido validada.

A fonte informa que, se nos próximos seis meses a América não aceitar o desenvolvimento nuclear e não diminuir as sanções ou, ainda, se houver confrontação militar, os terroristas já receberam ordens de dar cabo à missão.

A Agência Internacional de Energia Atômica informou em seu relatório datado de 21 de fevereiro que  o Irã se recusou a permitir a inspeção de várias instalações nucleares suspeitas, bem como começou a instalação de centrífugas de última geração em Natanz, que atualmente já tem 10.000 centrífugas para enriquecimento de urânio. O relatório também informa que a estação de Araki para produção de água pesada deve se tornar operacional em 2014, permitindo a produção de plutônio para bombas nucleares.

(*) Reza Kahlili é o autor do premiado livro “A Time to Betray” e serviu como Diretor de Operações da CIA como espião dentro da Guarda Revolucionária Iraniana. É especialista em contra-terrorismo e atualmente trabalha na Força Tarefa da Agência de Segurança Nacional Americana.

Fonte: WorldNetDaily

Tradução: Blog Esquerdopatia

Anúncios

Sobre Esquerdopatia

Minha missão é abrir os olhos para o mal que vem tomando os corações e mentes do mundo, uma psicopatia grave chamada esquerda, socialismo, comunismo ou coletivismo e seus companheiros de viagem, quais sejam: feminismo, islamismo, gayzismo, globalismo, paganismo, ateísmo. Muitas mentes e almas já estão perdidas, tamanha a lavagem cerebral a que foram submetidas, e não vêem o mal, mesmo que este lhes estapeie a cara. Porém, algumas ainda tem salvação. Nestas que pretendo concentrar meus esforços. So help me God.
Esse post foi publicado em Ameaça islâmica, Estados Unidos, Europa e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Al-Qaeda planeja possível ataque terrorista islâmico aos EUA e à Europa

  1. John disse:

    Meu caro!
    Vim a conhecer este endereço quando estava procurando por um artigo a respeito do PSDB e PT serem dois lados da mesma moeda. Por sinal, muito bom este seu site.
    Porém, tenho de fazer ressalvas e deixar um esclarecimento a respeito das mentiras propagadas pelos serviços de inteligência anglo-americana e israelense. Jamais o regime do Irã iria financiar e treinar terroristas da “al’quaeda” e outros. Isto é propaganda preparatória de opinião pública para justificar um futuro ataque àquela nação. Nação Soberana diga-se de passagem. A demonização dos dirigentes daquela nação é notória, bem como, israel propaga aos quatro cantos que Ahmadinejad teria afirmado que pretende varrer israel do mapa, quando na verdade ele disse que o governo sionista de israel deveria ser varrido ao mar. Ainda, para o presidente Ahmadinejad os ataques de 11 de setembro foram um ataque de falsa bandeira e a tal al’quaeda não existe, aliás existe, era o nome dado a uma (base) de dados da inteligência americana para possíveis agentes duplos do oriente médio. Muita coincidência o nome al’quaeda significar exatamente “a base”.

    • Esquerdopatia disse:

      Obrigado pelos elogios. Acredito que esteja mortalmente equivocado com relação ao Irã. Recomendo a leitura do livro The Enemy at Home, de Dinesh D’Souza, que aborda o assunto em profundidade. Em breve preciso escrever a respeito, pois é um assunto importante.
      Saudações

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s